Usina de Fukushima libera água contaminada no mar há 2 anos

Membros de comitê da prefeitura de Fukushima, inspecionam o local de construção de barreira no litoral, para impedir que água radioativa vaze para o oceno, em Fushima, 6 de agosto de 2013 | Reuters Membros de comitê da prefeitura de Fukushima, inspecionam o local de construção de barreira no litoral, para impedir que água radioativa vaze para o oceno, em Fushima, 6 de agosto de 2013 | Reuters

O governo do Japão acredita que durante os últimos dois anos tem vazado água contaminada com radiação para o oceano Pacífico a partir da usina nuclear de Fukushima Daiichi, disse uma autoridade do Ministério da Indústria nesta quarta-feira.

Mais cedo, o funcionário disse que cerca de 300 toneladas de água contaminada estão vazando no mar por dia a partir da usina nuclear de Fukushima, que foi atingida por um terremoto seguido de tsunami em março de 2011.

Também nesta quarta-feira, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, comprometeu-se a intensificar os esforços do governo para conter o vazamento de água radiativa.

Abe ordenou ao ministro da Economia, Comércio e Indústria a lidar urgentemente com a situação e garantir que a operadora da usina, a Tokyo Electric Power Co, tome as medidas apropriadas para realizar a limpeza, que deve durar mais de 40 anos e custar 11 bilhões de dólares.

A operadora disse também nesta quarta que não pode confirmar a quantidade exata de volume de água contaminada que está vazando para o oceano. “Nós não somos capazes atualmente de dizer claramente o quanto de água está realmente fluindo para o oceano”, disse o porta-voz da Tokyo Electric Power Noriyuki Imaizumi, em resposta à pergunta de um repórter sobre a estimativa do governo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo