Apresentado na Itália, Volvo XC40 chega ao Brasil no segundo trimestre

Por www.autopapo.com.br
Apresentado na Itália, Volvo XC40 chega ao Brasil no segundo trimestre

A Volvo revelou o seu primeiro SUV compacto, o XC40, menor que os irmãos XC60 e XC90. O modelo da marca sueca (mas que pertence aos chineses da Geely) será produzido na Bélgica. Enfim, não importa muito a origem. Certo é apenas a tentativa de agradar o gosto universal pela palavra que se tornou mantra das fabricantes: SUV.

O XC40 deriva da plataforma CMA, que originará a nova família, com hatch e sedã. A plataforma foi planejada para incluir os novos sistemas de propulsão, pois o plano da marca é ter uma linha eletrificada, com híbridos e elétricos, a partir de 2019.

Apesar de ser compacto para o padrão da Volvo, o XC40 tem 4,43 m de comprimento; 1,63 m de altura e largura e 2,70 m de entre-eixos. Para comparar, o Jeep Compass tem 4,41 m de comprimento. Ou seja: pequeno apenas para o padrão sino-sueco de SUVs.  O porta-malas tem capacidade de 460 litros.

“O XC40 é a nossa primeira entrada no segmento de SUVs compactos, ampliando a oferta da Volvo e movendo-a em uma nova direção”, disse Håkan Samuelsson, presidente e CEO.

O estilão é parecido com o dos irmãos XC60 e XC90. Os faróis têm leds diurnos e desenhos angulosos. A carroceria é repleta de vincos, que passam a sensação de vigor, ou musculatura, como preferem alguns designers. Na traseira, a inconfundível – e bonita – lanterna da Volvo, em estilo bumerangue.

No interior, a tela multimídia é de 12,3 polegadas e controla diversos comandos, incluindo o ar-condicionado. O espaço interno é bom, como esperado de um SUV desse porte, e o acabamento refinado, com revestimentos de camurça e couro. As informações do carro estão em outra tela, de 9 polegadas, no painel e muita tecnologia, como câmera 360° e o City Safety, sistema criado em 2009 e que freia o carro sozinho impedindo atropelar pedestres e ciclistas.

O Volvo XC40 também se gaba de ter vários porta-objetos: nas portas e sob os assentos, espaço especial para smartphones (com carregamento indutivo), um gancho para sacolas pequenas e uma lixeira removível no túnel do console central.

Na Europa, o XC40 estará disponível nas motorizações D4 (diesel) e T5 (propulsor Drive-E de quatro cilindros). As versões híbrida e elétrica chegarão depois. O novo SUV compacto também será o primeiro Volvo com o novo motor de 3 cilindros.

As opções de motorização incluem uma novidade para a versão menos sofisticada de propulsor, a T3: um 2.0 turbo de 147 cv com opções de câmbio manual e automático, ambos de seis velocidades e tração dianteira. Com o mesmo 2.0 turbo em outras configurações, a T4 chega a 190 cv e na T5, o motor rende 100 cv a mais, chegando a 247 cv, com tração integral e custará nos EUA US$ 35,2 mil (equivalente a R$ 110 mil). Há ainda as opções diesel, com 150 cv (D3, manual) e 190 cv (D4).

A previsão é que a Volvo lance o modelo para o mercado brasileiro a partir do segundo trimestre deste ano. A considerar os concorrentes (Audi Q3, BMW X1, Land Rover Evoque e Mercedes-Benz GLA), o preço deve beirar os R$ 200 mil.

Leia mais em: www.autopapo.com.br

Loading...
Revisa el siguiente artículo