Audi A5 fica maior, mais confortável e ganha sistemas de condução especial

Modelo estará disponível nas revendas no fim de julho/| Divulgação
Audi A5 fica maior, mais confortável e ganha sistemas de condução especial
Por: autopapo.com.br

É tudo novo. Em sua segunda geração, o Audi A5 cresceu e ficou mais musculoso, principalmente em virtude do novo capô e dos “ombros” (saliências laterais logo abaixo das janelas) com ângulos marcantes. No interior, o sedã executivo oferece mais conforto para os ocupantes, com maior largura para os passageiros dianteiros e dois dedos a mais para os joelhos dos traseiros – que contam com saída de ar-condicionado independente. No entanto, é bom frisar, o ideal são quatro ocupantes, pois a posição central do banco de trás, nada anatômica, comporta no máximo crianças, uma vez que o enorme console e o túnel do assoalho comprometem o espaço para as pernas e pés.

A maior novidade do A5 (disponível como opcional nas versões mais completas) é o sistema auxiliar de direção, que nos congestionamentos cuida integralmente do carro para o condutor. Acompanhando as faixas laterais da pista e os carros à frente, o veículo segue numa distância segura dos demais e até faz as curvas. Pena que a péssima qualidade das faixas em nosso país impede que o advento funcione em qualquer lugar. Segundo exigência legal, não se pode tirar a mão do volante por mais do que um minuto – se o motorista fizer isso, a velocidade do automóvel é reduzida de forma segura até que pare. Por fim, um pequeno inconveniente: quando o sistema para de reconhecer as faixas e deixa de cuidar do volante, o aviso é muito discreto e há um risco de o motorista não perceber a necessidade de voltar ao volante imediatamente, o que pode levar a acidentes.

Outro opcional interessante utiliza mapas GPS para detectar a aproximação de uma curva e, conforme a velocidade, reduzir a marcha engrenada em busca de maior estabilidade. Há também sistema que monitora o fluxo lateral ao sair de vagas paralelas de ré e avisa da aproximação de outros veículos que o motorista não poderia enxergar, assim como o que avalia a velocidade de aproximação de obstáculos em risco de colisão e aciona previamente medidas de proteção para os ocupantes. Mesmo que o perigo venha pela traseira – como outro carro se aproximando muito rapidamente – pré-tensionadores, fechamento de janelas e muitas outras ações serão acionadas com antecedência.

O A5 também conta, em versões específicas, com painel de instrumentos em tela, onde é possível escolher quais informações mostrar, podendo apresentar o GPS como um grande mapa ocupando quase todo o espaço e com sistema de infotenimento com tela sensível ao toque de 8” para controle do som, funções do veículo e leituras de status, cujos comandos também podem ser feitos por botão dotado de mouse pad no console. Para introdução de texto há função autocompletar, como nos smartphones. A recepção de comandos verbais também é inteligente, reconhecendo as solicitações mais frequentes sem necessidade de decorar frases pré-programadas.

Guiando a nova geração
O Audi A5 é empurrado por motor 2.0 turbo com dupla injeção (direta e no coletor) e abertura de válvulas variável em sincronia e amplitude. Nas versões mais simples, o acerto produz 190 cv; já na topo de linha Ambition são 252 cv. A transmissão é sempre automática com dupla embreagem e sete marchas e roda livre, que alivia o carro do peso do motor nas descidas para economizar combustível. A tração é dianteira nas versões mais simples e integral na mais completa. Tal permite melhor arrancada, estabilidade e segurança.

No test drive realizado durante a apresentação só estava disponível a versão Ambition. O sedã executivo mostrou empolgante aceleração e agilidade. Nas curvas, boa estabilidade, comportando-se como se fosse um veículo menor dada a firmeza e disposição com que atendeu aos apelos do volante. Na suspensão, nada de mais, mas bastante conforto e silêncio a bordo. O interior é moderno, suntuoso, bem acabado e funcional, com bancos anatômicos e elogiável ergonomia, com os comandos sempre à mão.

Na segurança, airbags frontais e laterais dianteiros, de cabeça e controles de tração e estabilidade. O novo modelo ainda não teve publicado um específico ensaio de colisão pelo LatinNCAP – instituição independente que avalia a segurança de modelos comercializados na América Latina e no Caribe. A geração anterior, conforme crash test realizado em 2015, levou nota máxima.

Veja a galeria:

 

Preços do novo Audi A5:

  • Attraction: R$ 189.990
  • Ambiente: R$ 213.990
  • Ambition: R$ 239.990
  • Ambition Plus: R$ 268.990 

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo