5 motocicletas incríveis para pilotar no futuro

Por Daniel Casillas - Metro World News
Divulgação
5 motocicletas incríveis para pilotar no futuro

Econômicas e fáceis de se pilotar, as motocicletas estão se tornando um dos veículos mais populares nas grandes cidades do mundo, é fato.

O que poucos imaginam, no entanto, é que muitas fabricantes estão investindo na criação de modelos especiais que podem, acredite, ser produzidos muito em breve.

Para ajudá-lo a ter uma visão do que pode vir por aí, apresentamos cinco novidades que já foram anunciadas pelas montadoras, e claro, deverão revolucionar o mercado. Confira!

Riding Assist | Divulgação

 

Sem as mãos!
O projeto "Riding Assist" desenvolvido pela Honda foi apresentado durante a CES 2017, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo. A nova tecnologia permite que a moto fique de pé e em equilíbrio sem a ajuda do piloto. O sistema ainda está em fase de teste, mas se for para frente poderá ajudar a reduzir o número de acidentes nas estradas e cidades, especialmente em situações de tráfego lento.

 

Motobot | Divulgação


Eu, robô

Em alguns anos será possível ver pequenos robôs se tornando campeões de motociclismo. A japonesa Yamaha, ao menos, aposta nisso. A marca está trabalhando no "Motobot", uma espécie de ciborgue capaz de gerenciar as operações de uma moto do ponto de vista de um piloto de verdade. Valentino Rossi que se cuide!

 

Harley | Divulgação


Harley elétrica
O "Livewire Project", da queridinha Harley Davidson, está apostando na criação de modelos elétricos para o futuro. Basicamente, a ideia é produzir uma moto em um quadro com suspensão traseira dupla, iluminação em LED nas laterais e com painel sensível ao toque. O modelo tem 74 cavalos de potência, velocidade elétrica limitada a 158 km/h e autonomia para 85 km. O modelo pode ser carregado em 3 horas e 30 minutos.

 

BMW | Divulgação


Monstro sobre rodas

O conceito futurista criado pela alemã BMW na Motorrad pode revolucionar o mercado. Segundo seus criadores, a nova motocicleta é tão segura que dispensa os pilotos de usarem capacete ou roupas de proteção. A ideia é que o assistente de direção de ponta presente no modelo seja capaz de interagir com os usuários e orientá-los sobre o caminho mais seguro a seguir na pista. Será que ela é capaz de tudo isso mesmo?

 

light | Divulgação


Peso pena

A impressão 3D está em alta e já se mostra também peça-chave no futuro de muitas montadoras. A Airbus, por exemplo, está desenvolvendo a Light Rider, a primeira moto impressa em 3D feita com material tão leve, tão leve, que seu peso não ultrapassa 35kg. Com um motor elétrico de 6kW que vai de zero a 80 km/h em segundos e uma armação de 6 kg, a motocicleta é 30% mais leve do que qualquer outra.

Loading...
Revisa el siguiente artículo