Trump retoma as atividades de campanha

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

Sem confirmar se seu último teste para a covid-19 teve resultado negativo para detecção do coronavírus, Trump retomou na segunda-feira (13) às atividades de campanha eleitoral nos Estados Unidos. O atual presidente do país, de 74 anos, ficou 10 dias afastado de compromissos presenciais para sua  reeleição após diagnóstico positivo para a doença no dia 2 de outubro.

Na retomada, o republicano reuniu ontem eleitores em um aeroporto em Sanford, na Flórida. O estado norte-americano é considerado uma das regiões importantes para decisão do pleito deste ano.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Sebrae Outubro

Para esta semana, Donald Trump tem comícios marcados em diversos estados dos EUA. De acordo com a agenda oficial do presidente, hoje ocorrerá um encontro no estado da Pensilvânia, amanhã em Iowa e quinta-feira na Carolina do Norte.

De acordo com agências internacionais, os encontros nesta reta final da decisão eleitoral serão importantes para compreender a postura do atual presidente dos Estados Unidos, candidato à reeleição, frente à covid-19 após sua contaminação. No final de semana, Trump reuniu centenas de eleitores no gramado da Casa Branca, em Washington. Houve aglomeração e, assim como Trump, muitos visitantes não utilizavam máscaras.

Suprema Corte

Ainda ontem, o Comitê Judiciário do Senado dos EUA iniciou o primeiro de quatro dias de audiência que deve confirmar a nova indicada de Trump ao cargo de juíza da Suprema Corte, Amy Coney Barrett.

Desde a morte da ex-juíza que ocupava o cargo, Ruth Ginsburg, o Partido Republicano tem sido criticado por acelerar a sucessão da juíza em período tão próximo da eleição. Em 2016, a legenda impediu o então presidente, o democrata Barack Obama, de nomear um sucessor à Corte sob o argumento de que aquele era ano eleitoral.

Loading...
Revisa el siguiente artículo