Justiça por Robson: Bolsonaro apela por perdão a brasileiro preso na Rússia

Por Metro Jornal

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, anunciou na terça-feira (6) que, junto com o Ministério das Relações Exteriores, buscará o perdão russo para a possível condenação de Robson Oliveira, brasileiro preso desde o ano passado no país.

Robson, 47 anos,  era motorista do jogador de futebol Fernando (que atuava no Spartak Moscou) e foi preso em março do ano passado enquanto transportava duas caixas de medicamentos para o sogro de Fernando a pedido do jogador. A substância, (mytedom 10mg ou cloridrato de metadona) é legalizada no Brasil, mas não é permitida na Rússia, o que faz com que Robson passe por um julgamento de tráfico internacional de drogas.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Vale Outubro

De acordo com a postagem do presidente via Facebook, a embaixada brasileira na Rússia informou ao governo federal que a pena do brasileiro pode chegar  a até 20 anos.

“Nossa embaixada nos informou que Robson poderá ser condenado a 20 anos. A juíza do caso acaba de se aposentar e, dessa forma, o processo voltou à estaca zero. A justiça russa é bastante rígida e independente, mas um perdão do governo local será buscado por nós. Hoje serei orientado pelo ministro Ernesto Araújo para um possível contato com  o presidente Vladimir Putin”, escreveu ontem Bolsonaro ao mencionar que tomou conhecimento do caso pelo jogador Felipe Melo, volante e zagueiro do Palmeiras.

Loading...
Revisa el siguiente artículo