Pesquisa Ibope mostra avaliação de Bolsonaro, Doria e Covas na capital paulista

Presidente tem a maior rejeição; instituto entrevistou 1.001 eleitores paulistanos

Por Metro Jornal

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (21) dados de uma pesquisa de opinião feita com moradores da cidade de São Paulo sobre os governantes do executivo municipal, estadual e federal. Foram entrevistados 1.001 eleitores entre 15 e 17 de setembro, com margem de erro de 3 pontos percentuais.

O prefeito Bruno Covas (PSDB) foi o melhor avaliado. Dos entrevistados, 28% classificaram sua gestão como “Ótima/boa”, 41% como “Regular”, 28% como “Ruim/péssima” e 3% não sabiam ou não responderam. Sobre o enfrentamento da pandemia, 54% aprovam o trabalho da prefeitura, 40% desaprovam e 6% não sabiam ou não responderam.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Mensalidade de universidades cai 4% e reajuste não deve ocorrer em 2021
Poupatempo fez 1,3 milhão de atendimentos no primeiro mês de reabertura

Em relação ao governador João Doria (PSDB) a reprovação aumenta. Foram 23% de avaliações “ótima/boa” para sua gestão, seguido por 37% de “Regular”, 39% de “ruim/péssima” e 1% de “não sabe/não respondeu”.

A gestão mais rejeitada entre os três, porém, é a do presidente Jair Bolsonaro. Entre os paulistanos, 27% consideram o governo “Ótimo/bom”, 24% “Regular”, 47% “Ruim/péssimo” e 2% não sabiam ou não responderam.

Corrida pela prefeitura

No domingo (20), o Ibope divulgou a primeira pesquisa eleitoral após as convenções partidárias. O deputado federal Celso Russomanno (Republicanos) está na frente na disputa pela Prefeitura de São Paulo com 24% das intenções de voto.

Em segundo lugar aparece Bruno Covas (PSDB), com 18%, seguido por Guilherme Boulos (Psol), com 8%, e Márcio França (PSB), que tem 6%.

Loading...
Revisa el siguiente artículo