Justiça determina que Flordelis use tornozeleira eletrônica

Por Metro Jornal com BandNews FM

A juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, determinou nesta sexta-feira (18), que a deputada federal Flordelis dos Santos de Souza passe a usar tornozeleira de monitoramento e mantenha recolhimento domiciliar noturno entre as 23h e as 6h.

Leia mais:
Mortes por covid-19 no Brasil sobem para 135,7 mil; veja balanço de sexta
Previsão do tempo: céu nublado e chuva neste fim de semana em São Paulo
QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

A deputada poderá sair durante o dia para cumprir atos relacionados ao exercício do mandato parlamentar e das funções legislativas.

A parlamentar é acusada de ser a mandante da morte do marido, Anderson do Carmo. O crime ocorreu em junho de 2019, em frente à residência do casal.

Ela é uma entre 11 pessoas denunciadas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro como envolvidos no homicídio, incluindo sete dos filhos do casal, entre adotivos e biológicos de Flordelis.

Procurada pela reportagem da BandNews FM, a defesa informou que irá recorrer da decisão quando for intimada.

Loading...
Revisa el siguiente artículo