Escolas na capital paulista poderão reabrir ainda neste ano

Por Metro Jornal

Além de “onde”, a comunidade escolar também se pergunta “quando” os alunos poderão ter aulas presencialmente. Na capital, essa resposta deverá ser dada nesta quinta-feira (17).

A expectativa é de que o prefeito Bruno Covas (PSDB) anuncie se as escolas serão autorizadas a retomar as aulas presenciais só em 2021 ou se poderão voltar mês que vem, a partir de 7 de outubro, na data prevista pelo estado.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

O prefeito também poderá sinalizar se vai permitir, pelo menos, o retorno parcial – para as aulas de reforço ou de educação física –, que já foram liberadas pelo estado desde o último dia 8, mas que acabaram vetadas na capital. Essa última hipótese é considerada a mais provável.

Questionado na quarta (16), Rossieli Soares reafirmou que as prefeituras têm poder para decidir, mas que ele, como secretário de Educação do estado, defenderá sempre a reabertura da escola.

No anúncio, Covas deverá apresentar os resultados do inquérito sorológico com alunos das redes estadual e privada, que pesará na decisão. O inquérito realizado na rede municipal trouxe preocupação porque mostrou que 16,1% dos estudantes já tiveram covid-19 e que 64,4% eram assintomáticos. Os índices são maiores do que a média da população.

Loading...
Revisa el siguiente artículo