Confederação da Agricultura alerta para sementes 'misteriosas' recebidas pelo correio

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

Em resposta a relatos de alguns brasileiros, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) emitiu alerta à população nesta quarta-feira (16) sobre embalagens de sementes não solicitadas recebidas pelo correio.

Casos parecidos foram registrados em outros países, incluindo os Estados Unidos, e o esquema pode originar pragas e doenças inéditas ou já erradicadas no Brasil.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

LEIA MAIS:
Lei Aldir Blanc: São Paulo começa cadastro de artistas para auxílio emergencial de R$ 3 mil
Justiça libera reabertura de agências do INSS; instituto decidirá quais seguem fechadas

A entidade conta que, caso alguém receba pacotes de sementes pelo correio sem tê-los solicitado, o melhor é não abrir, muito menos plantá-las. De acordo com a CNA, "o controle fitossanitário brasileiro é extremamente rigoroso, com vários órgãos atuando para evitar a entrada de produtos não autorizados, sendo o Ministério da Agricultura um dos responsáveis pela fiscalização de materiais de origem animal e vegetal".

Caso algum envelope ou pacote contendo sementes ou material vegetal chegue à casa das pessoas sem que um pedido de compra online tenha ocorrido ou com remetente desconhecido a CNA recomenda levar o material para uma das Superintendências Federais do Ministério da Agricultura.

Mais informações podem ser conferidas no portal das Superintendências Federais da Agricultura.

Loading...
Revisa el siguiente artículo