Reabertura de agências do INSS é suspensa em São Paulo

Por Metro Jornal

As agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) seguem fechadas para o atendimento presencial no estado de São Paulo. A reabertura, prevista para esta segunda-feira (14), foi suspensa pela Justiça.

A decisão foi do desembargador Peixoto Júnior, do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), atendendo a um pedido do sindicato estadual de trabalhadores da Previdência Social e Seguro Social. Na liminar, ele condiciona a retomada a um plano seguro, com vistorias e testagem dos servidores para a covid-19.

O INSS afirma que vai recorrer da decisão. “Os segurados que tinham agendado atendimento devem desconsiderar e proceder com a remarcação pelo Meu INSS (plataforma digital) ou pelo telefone 135”, diz nota do instituto.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Regras atuais da retomada

Nos municípios em que as agências do INSS reabriram nesta segunda-feira, serão recebidos apenas segurados que marcaram horário. O objetivo é evitar aglomeração durante a pandemia de covid-19 – doença causada pelo coronavírus Sars-CoV-2.

Mesmo assim, avaliações periciais seguem suspensas, após a ANMP (Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais) decidir não retomar as atividades. Serão priorizados avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional. Os demais serviços continuam disponíveis apenas de maneira remota.

O governo vai divulgar durante a semana a lista completa das unidades abertas, que poderão ser conferidas também pelo Meu INSS ou pelo 135.

Veja o que muda no atendimento nas agências do INSS

• Agendamento.
Só serão atendidas pessoas com agendamento prévio pelo Meu INSS ou por telefone.

• Máscara.
Uso será obrigatório. O INSS diz que vai fornecer máscaras descartáveis

• Capacidade.
Número de segurados não poderá ultrapassar a capacidade das unidades. A recomendação é, se possível, não levar acompanhante

• Temperatura.
Um funcionário vai medir na entrada a temperatura corporal dos agendados.

• Proteção.
Barreiras de acrílico vão separar os funcionários do público. Médicos utilizarão viseiras estilo face shield

Loading...
Revisa el siguiente artículo