Operação busca prender novas lideranças do PCC em São Paulo

Por Metro Jornal

Uma operação do MP-SP (Ministério Público de São Paulo) busca prender integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) na manhã desta segunda-feira (14). O grupo, fundado em São Paulo, tem atuação dentro e fora de presídios pelo país.

Os mandados são todos cumpridos no estado de São Paulo – são 12 de prisão e 40 de busca de apreensão. Os alvos são suspeitos de assumir o controle da facção após a transferência de lideranças, em fevereiro do ano passado, para presídios federais.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Estados Unidos libera voos do Brasil em todos os aeroportos, mas veta turistas
Policiais do Denarc caem em blitz da Lei Seca e iniciam confusão com a PM em São Paulo

De acordo com o MP-SP, parte dos novos chefes estão foragidos fora do Brasil. “Alguns alvos estão possivelmente no Paraguai e na Bolívia, ou até mesmo na África. A importância foi reunir provas contra esses elementos, conseguir as prisões temporárias”, afirmou o promotor Lincoln Gakiya, emm entrevista à TV Globo.

A investigação também busca desmontar um esquema de lavagem de dinheiro pela facção. Anualmente, o grupo movimenta por volta de R$ 100 milhões, principalmente com tráfico de drogas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo