Bolsonaro efetiva Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde

Por Metro Jornal

O presidente Jair Bolsonaro decidiu efetivar o general Eduardo Pazuello, que assumiu interinamente o Ministério da Saúde em junho, à frente da pasta.

O general deve assumir oficialmente o cargo na próxima quarta-feira (16), às 17h. Ele ocupa a vaga que era anteriormente do médico Nelson Teich, que pediu demissão em maio. Antes de ser nomeado interino, em 3 de junho, ficou 20 dias comandando a Saúde, pasta da qual era secretário-executivo.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Pazuello é o terceiro ministro da Saúde do governo Bolsonaro durante a pandemia. Antes de Teich, o ministro era Luiz Henrique Mandetta, demitido em meio à polêmica sobre o uso da hidroxicloroquina incentivado pelo presidente para o tratamento da doença, mesmo sem estudos conclusivos sobre a sua eficácia. O mesmo motivo ocasionou a ruptura de Teich.

O militar, nascido no Rio de Janeiro,  é formado na Academia Militar das Agulhas Negras, mesma instituição em que o presidente estudou.

Loading...
Revisa el siguiente artículo