Plebiscito pode decidir futuro do Minhocão entre parque ou demolição

Decreto legislativo foi aprovado na Câmara Municipal, mas precisa de aval do TRE para ir à votação

Por Metro Jornal

A Câmara Municipal aprovou, na quarta-feira (9), um decreto legislativo que permite votação popular, via plebiscito, do destino do elevado Presidente João Goulart, conhecido como Minhocão. O projeto tem até 30 dias para ser publicado, mais ainda deve passar por aprovação do TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

A votação está prevista para o dia 15 de novembro, data do primeiro turno das eleições municipais, com escolha de vereadores e prefeitos. Entre as opções de voto estão transformar o elevado integralmente em um parque público, em um parque parcial ou desmontá-lo por completo.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Contran proíbe uso de radar escondido em rodovias e vias urbanas
Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Crivella

Mesmo com o plebiscito, o próximo prefeito da capital paulista ainda terá a possibilidade de se posicionar contra a maioria dos votos. Segundo o relator da proposta, vereador Caio Miranda (DEM), qualquer paulistano com título de eleitor poderá escolher o destino do elevado.

Em 2016, durante a gestão de Fernando Haddad (PT), foi sancionada uma lei que criou o parque Minhocão. A via de trânsito rápido funciona de segunda à sexta, das 7h às 20h e integra o corredor Leste-Oeste, servindo como uma das principais ligações à zona oeste da cidade.

Minhocão projeto prefeitura Foto de arquivo de projeto para parque Minhocão / Divulgação/Prefeitura
Loading...
Revisa el siguiente artículo