UE reserva 300 milhões de doses de vacina da Pfizer contra covid-19

Bloco já fechou seis acordos de compra para garantir prioridade na imunização

Por Metro Jornal

A União Europeia fechou, nesta quarta-feira (9), seu sexto acordo de reserva de vacinas contra a covid-19. Desta vez, o pacto envolve 300 milhões de doses da substância desenvolvida pela empresa alemã BioNTech, em parceria com a farmacêutica Pfizer.

Chamada de BNT 162b, a vacina ainda precisa concluir as fases 2 e 3 dos testes clínicos – etapas que atestam a segurança da vacina, possíveis efeitos adversos, e a eficácia na imunização contra o novo coronavírus. Ambas estão sendo feitas de maneira simultânea, para acelerar o processo de desenvolvimento.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Além da vacina da Pfizer, a UE já reservou lotes com 225 milhões de doses da alemã Curevac, 80 milhões da norte-americana Moderna, 300 milhões da francesa Sanofi e 400 milhões da Johnson & Johnson.

Ainda, já está formalizada pelo bloco a compra de 400 milhões de unidades da vacina ChAdOX1 nCoV-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. Os testes da iniciativa britânica contra a covid-19 foram interrompidos nesta semana, após um dos voluntários mostrar reações alérgicas graves durante os estudos.

Embora nenhuma delas já tenha garantido aprovação para iniciar o processo de distribuição e imunização, o bloco procura garantir maior rapidez para a compra das substâncias que se provem eficazes.

São Paulo quer começar vacinação contra covid-19 em dezembro

Inicialmente, estado terá 46 milhões de doses a disposição do sistema público de saúde

Loading...
Revisa el siguiente artículo