Cerca de 10% do Pantanal foi destruído em incêndios de 2020

Por Metro Jornal com Ansa

O bioma do Pantanal perdeu 10% de sua área apenas durante as queimadas deste ano. Em 2020, a região registra recorde de focos de calor, e esforços locais para combater as chamas têm sido pouco efetivos.

O Pantanal é considerado a maior planície alagada do mundo e abrange áreas dos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além de territórios na Bolívia e no Paraguai. Normalmente, as queimadas ficam concentradas no período entre julho e setembro, mas os números de 2020 estão muito acima do que se costuma registrar.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Conforme dados oficiais do Instituto Nacional de Pesquisas (Inpe), apenas entre janeiro e agosto, foram 10.153 focos de calor no Pantanal – número superior ao total registrado entre 2014 e 2019. São cerca de cinco anos de queimadas concentrados em poucos meses.

Além do papel humano na criação de incêndios, a região enfrenta "a menor cheia dos últimos 47 anos e, provavelmente, também registrará a maior seca desse mesmo período". A informação é da organização não-governamental SOS Pantanal.

LEIA MAIS:
São Paulo confirma quase 10 mil novos casos de covid-19; veja balanço de quarta
Pantera Negra vira mural em homenagem na cidade de Goiânia; veja o resultado

Áreas de preservação
As chamas não pouparam importantes áreas de preservação do bioma. O Parque Encontro das Águas, em Poconé (MT), é um dos atingidos. O local é conhecido mundialmente pela concentração de onças pintadas – donos de propriedades relatam que os animais foram vistos buscando refúgio em pousadas e fazenda da região.

Também durante o fim de semana foi atingido o Parque Estadual das Nascentes do Taquari, que fica nas cidades de Alcinópolis e Costa Rica, no Mato Grosso do Sul quase divisa com o Mato Grosso.

Segundo o Corpo de Bombeiros do MT, as queimadas se intensificaram a partir de julho e, uma das queimadas, em uma área de 100 mil hectares pertencentes a uma reserva natural, foi feita de maneira dolosa e criminosa.

Ministros respondem
Nesta terça-feira (08), durante uma reunião ministerial em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro convidou a youtuber mirim Esther, de 10 anos, para fazer perguntas aos ministros reunidos no encontro.

No vídeo, publicado nas redes sociais, a menina pergunta se "está pegando fogo no Pantanal". A questão provoca risadas dos presentes, incluindo o presidente.

Após as risadas, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, diz que "o presidente mandou 10 aviões lá para ajudar a apagar" os incêndios.

Por conta da situação de emergência, o Exército foi enviado para a região para ajudar bombeiros e moradores no combate ao fogo.

Bombeiros encontram corpo de 17ª vítima de afogamento no feriado em São Paulo

Casos ocorreram no litoral, interior e na região metropolitana

Loading...
Revisa el siguiente artículo