Eleições 2020: mais partidos confirmam nomes para disputa pela Prefeitura de São Paulo

Por Rádio Bandeirantes

As convenções partidárias que definem as candidaturas para a Prefeitura de São Paulo, nas eleições municipais deste ano, seguem confirmando novas chapas na disputa. No sábado (5), o Psol oficializou a dupla Guilherme Boulos e Luiza Erundina. No mesmo dia, Orlando Silva foi confirmado como candidato do PCdoB, que participa do pleito pela primeira vez desde 1985.

O partido Novo confirmou Filipe Sabará, com a economista Maria Helena como vice. Assim como já tinha feito o Democratas, o PV retirou a candidatura de Eduardo Jorge para apoiar Bruno Covas (PSDB), que vai tentar se reeleger. Nesta segunda-feira (7), o Patriota confirma o deputado estadual Arthur do Val como candidato.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Feriado em São Paulo: parques e serviços fechados, rodízio liberado e ciclofaixa ativa
São Paulo tem 4ª semana de queda de mortes e internações por covid-19

As convenções para as eleições municipais em São Paulo começaram há uma semana, no dia 31 de agosto. Joice Hasselmann foi confirmada pelo PSL, com o empresário Ivan Sayeg como vice. No PSD, Andrea Matarazzo encabeça a chapa com a deputada estadual Marta Costa. Levy Fidelix, do PRTB, vai concorrer pela quinta vez à prefeitura.

Durante a semana, a expectativa é pela confirmação da candidatura de Covas pelo PSDB. Além dele, entram na corrida Márcio França (PSB), Marcos da Costa (PTB) e Jilmar Tatto (PT). A convenção do Republicanos será realizada dia 16, última data do prazo, porque o partido ainda avalia se lança ou não o nome de Celso Russomanno.

Outra expectativa diz respeito à ex-prefeita Marta Suplicy, do Solidariedade, que tem convenção marcada para domingo que vem.

Loading...
Revisa el siguiente artículo