Sintomas da covid-19 podem persistir por mais de 2 meses, diz pesquisa

Por Rádio Bandeirantes

Pessoas que tiveram covid-19 podem apresentar sintomas persistentes por mais de 2 meses depois da contaminação. É o que indica uma pesquisa feita pela Unicamp em parceria com Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia e a Fapesp.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Oitenta pacientes com quadro leve da doença que se recuperaram passaram por exames neurológicos, de sangue e cognitivos. Desse grupo, 40% tiveram dor de cabeça frequente e fadiga, e outros 30% disseram sofrer sentir sonolência e relataram falta de memória. Além disso, perda de olfato e paladar e problemas motores também foram diagnosticados.

Os estudos continuam e, a partir de agora, os cientistas vão tentar descobrir a razão da persistência dos sintomas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo