Operação mira quadrilha de SP que desviava dinheiro de contas bancárias

Por Metro Jornal

Duas pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (1º) em operação da Polícia Civil que investiga desvios de contas bancárias na Grande São Paulo. São cumpridos ainda sete mandados de busca e apreensão na capital paulista, em Franco da Rocha e em Carapicuíba.

Em um mês, os estelionatários chegaram a desviar R$ 2 milhões. Segundo a investigação, eles descobriam contas com saldos elevados e falsificavam documentos em nome das vítimas.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Pandemia leva mais paulistas a buscar tratamento para parar de fumar
Três siglas confirmam candidatos à prefeitura de São Paulo

Com eles, iam em agências bancárias e transferiam valores se passando pelos correntistas – em maioria, idosos. Nos endereços alvo da ação, foram apreendidos os documentos falsos, além de carros de luxo.

A operação, nomeada Nanabo, é coordenada pela 3ª Seccional da Polícia Civil de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. O nome relaciona a vida de luxo da quadrilha levada pelo dinheiro desviado.

Loading...
Revisa el siguiente artículo