Rússia estaria prestes a aprovar segunda vacina da covid-19

Por Metro Jornal com Agência Brasil

A vice-primeira-ministra da Rússia, Tatiana Golikova, afirmou nesta quarta-feira (26) que o país está se preparando para aprovar mais uma vacina contra a covid-19. O registro da segunda substância para imunização contra a doença viria no fim de setembro ou início de outubro.

A fala foi feita em reunião de governo aberta ao público e transmitida pela televisão. Segundo Golikova, os estudos clínicos iniciais da vacina serão finalizados até o fim do mês que vem.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

A substância está sendo feita pelo instituto de virologia Vector da Sibéria. A vice afirma que, até o momento, "não houve complicações entre aqueles vacinados nos estágios inicial e intermediário dos testes".

Sputnik V
No início deste mês, a Rússia se tornou o primeiro país a conceder uma aprovação regulatória a uma vacina contra a covid-19 depois de menos de dois meses de testes em humanos.

A vacina aprovada, batizada de Sputnik V em homenagem ao primeiro satélite do mundo, um feito da antiga União Soviética, foi elogiada pelas autoridades russas por ser segura e eficiente.

Mas especialistas estão céticos com a aprovação russa da Sputnik V, desaconselhando seu uso até que ela passe por todos os testes e etapas regulatórias internacionalmente aprovados.

Loading...
Revisa el siguiente artículo