Cientistas brasileiros desenvolvem teste mais barato para covid-19

Por Rádio Bandeirantes

Um exame mais rápido e barato da covid-19, desenvolvido por cientistas brasileiros, pode se tornar opção para ampliar a testagem.

A nova técnica foi elaborada pelo Laboratório de Genética Molecular e Citogenética do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Goiás. Usando microchips descartáveis, o método se assemelha ao PCR, padrão-ouro para análise do novo coronavírus. A diferença é que a coleta da saliva pode ser feita pelo próprio paciente.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Para a líder do grupo de pesquisadores da UFG, Gabriela Mendes Duarte, essa possibilidade torna o procedimento mais barato. Os microchips são descartáveis e não é necessário usar instrumentos específicos para a coleta; assim, o valor chega a ser 40 vezes menor do que o PCR.

Outro aspecto destacado pelos cientistas é a velocidade. O resultado do novo teste sai em menos de duas horas, ou seja, cinco a menos do que o obtido pelo padrão-ouro.

Até agora, o exame foi aplicado em 50 pessoas, entre voluntários e pacientes. Numa próxima etapa, aproximadamente 200 indivíduos serão testados para validar a segurança do procedimento. Segundo a UFG, o projeto deverá ser concluído até o mês que vem.

Loading...
Revisa el siguiente artículo