Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe renuncia ao cargo por problemas de saúde

Por Metro Jornal

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, anunciou nesta sexta-feira (28) que vai renunciar ao cargo após quase oito anos de seu segundo mandato. Em pronunciamento, o político justificou a saída por problemas de saúde.

Aos 65 anos, Abe sofre de colite ulcerosa – doença inflamatória intestinal. Durante a coletiva, o premiê afirmou que sua saúde piorou nos últimos meses, e teve que recorrer a novos medicamentos. Apesar do tratamento estar dando resultados, o político disse não se sentir confortável para tomar decisões.

O chefe de governo do Japão seguirá no cargo até que o Imperador, chefe de Estado, nomeie um sucessor, escolhido pelo poder legislativo do país asiático. Shinzo Abe atuou entre setembro de 2006 e 2007 como primeiro-ministro, para depois retornar ao cargo em dezembro de 2012.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Volta às aulas: até 46% dos alunos podem se infectar pelo coronavírus após 2 meses
Hospital das Clínicas apura sete casos de reinfecção de covid-19

Loading...
Revisa el siguiente artículo