São Paulo quer conceder terraço do Edifício Martinelli, no centro histórico

Tradicional prédio do centro de São Paulo deve ganhar observatório com atividades de lazer, cultura e gastronomia

Por Metro Jornal

A Prefeitura de São Paulo quer conceder o terraço do Edifício Martinelli, na região do centro histórico, para atividades de lazer, entretenimento, cultura e gastronomia. O edital de concessão foi publicado nesta quinta-feira (27) no Diário Oficial da cidade.

Segundo a SMDU (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano), o vencedor do processo irá implantar o Observatório Martineli, com expectativa de receber 160 mil visitantes anualmente. O objetivo do projeto é contribuir para o desenvolvimento turístico da capital paulista, além de requalificar a região central.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
São Paulo aponta que um a cada cinco alunos da rede municipal já tiveram covid-19
Cidade de São Paulo tem 12,3 milhões de habitantes, diz IBGE

Farão parte do observatório os andares 25, 26 e 27 do edifício – localizado na avenida São João, 11 –, além de espaços comerciais no térreo. O vencedor do edital será responsável pelo mirante e palacete do Comendador Martinelli, além de adaptar espaços para exposições culturais, loja, restaurante e café.

A concessão será de 15 anos, com valor de contrato de R$ 46 milhões, incluindo gastos de infraestrutura e pagamentos mensais fixos. A empresa também deverá destinar 4% do faturamento ao cofre municipal. As propostas podem ser enviadas até o dia 27 de outubro, quando será feita a abertura dos envelopes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo