São Paulo soma 29.415 mortos e 784 mil casos de covid-19; veja balanço de quinta

Por Metro Jornal

O governo estadual divulgou, no início da tarde desta quinta-feira (27), um novo balanço com o número de casos e mortes por covid-19 em São Paulo. Nas últimas 24 horas, o estado registrou 221 óbitos e8.259 novos pacientes com diagnóstico confirmado.

No total, são 29.415 mortos pela doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Já os casos confirmados chegaram a 784.453. Os dados compilam registros feitos pelo estado até as 10h30 desta quinta.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Serasa: feirão online para negociar dívidas vai até segunda-feira

Segundo a Secretaria estadual da Saúde, São Paulo possui 11.532 pessoas internadas com confirmação ou suspeita de covid-19 – 5.057 pacientes estão em leitos de UTI e 6.475 em leitos de enfermaria. As taxas de ocupação de leitos de UTI são de 54,4% para o estado e de 52,3% na Grande São Paulo (capital paulista e 38 cidades da região metropolitana).

O recorde de mortes registradas em um único dia ocorreu no dia 13 de agosto, com 455 óbitos – sendo parte de mortes antigas diagnosticadas por análise de imagem. Já o recorde de registro diário de novos casos foi no dia 22 de julho, com 16.777 diagnósticos.

Grupos de risco

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (59,1% dos óbitos), diabetes (43,2%), doenças neurológicas (10,8%) e renal (9,6%), pneumopatia (8,2%). Outros fatores identificados são obesidade (7,4%), imunodepressão (5,7%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,9%), Síndrome de Down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 23.559 pessoas que morrem por COVID-19 (80,1%).

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo