Uso dos planos de saúde caiu na pandemia

Por Publimetro com Estadão Conteúdo

Gestores do sistema de saúde suplementar têm reclamado de queda acentuada nas receitas durante os meses da pandemia, em que prefeitos e governadores pelo Brasil decretaram medidas de distanciamento social para conter o avanço da pandemia. Com a quarentena, houve redução expressiva do número de consultas e adiamento de cirurgias eletivas.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Isso ocorreu por recomendação dos próprios médicos, para evitar trânsito desnecessário em clínicas e hospitais, e por receio dos pacientes de se infectarem com o novo coronavírus. Em abril, a diminuição da quantidade de autorizações emitidas para exames e terapias nos planos chegou a 63%, na comparação com o mesmo período do ano anterior, conforme boletim da ANS (Agência Nacional de Saúde). 

A FenaSaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar) afirma que os preços praticados se baseiam na premissa da “preservação do equilíbrio econômico-financeiro dos contratos”. 

Loading...
Revisa el siguiente artículo