Justiça torna réu tio de menina de 10 anos estuprada no Espírito Santo

Por Metro Jornal

O tio da menina de 10 anos, que engravidou após ser estuprada em São Mateus, Espírito Santo, se tornou réu nesta terça-feira (25), após o TJES (Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo) aceitar a denúncia.

O homem, cuja identidade não será revelada para preservar a vítima, irá responder por estupro de vulnerável – quando a vítima é menor de 14 anos – e ameaça. A pena pode variar de oito a 15 anos de prisão em regime fechado.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Com aumento de demanda, Metrô de SP reabre acessos em estações
Secretário de Saúde do DF é preso em operação que apura fraudes

O processo permanece em segredo de Justiça. O tio da criança foi preso há uma semana, no dia 18 de agosto, e está no complexo penitenciário de Vila Velha, na Grande Vitória. A Polícia Civil analisa o material genético da criança e do feto, para comparar com o do acusado – testes devem ser concluídos nos próximos dias.

A menor teve a gravidez interrompida legalmente, conforme o que diz a legislação quanto ao aborto. Ela é acompanhada pela equipe do programa de proteção às vítimas de violência – sua família aceitou a mudança de identidade e endereço.

Loading...
Revisa el siguiente artículo