Com aumento de demanda, Metrô de SP reabre acessos em estações

Por Metro Jornal

Com o aumento da demanda, o Metrô de São Paulo voltou a abrir acessos das estações que estavam fechados desde a chegada da pandemia de covid-19 em São Paulo. Seis de 13 entradas voltaram a ficar disponíveis ao público na segunda-feira (24). Elas estão nas estações São Bento e Armênia, da linha 1-Azul; Sé, das linhas 1-Azul e 3-Vermelha; e Brigadeiro, da linha 2-Verde.

O destaque vai para o acesso do metrô pela ladeira Porto Geral, próxima a rua 25 de Março, principal centro comercial popular da América Latina. Ele funciona das 6h30 às 21h em dias úteis e das 6h30 às 16h aos sábados, seguindo fechado aos domingos e feriados.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Secretário de Saúde do DF é preso em operação que apura fraudes
São Paulo já aplicou 202 multas por falta de máscara

Segundo o Metrô de São Paulo, o aumento da média de passageiros transportados levou à reabertura de parte dos acessos. Em julho, a linha 1-Azul recebeu 350 mil pessoas por dia útil – ainda abaixo dos mais de 900 mil de antes da pandemia.

Seguem fechados acessos das estacões Luz, linha 1-Azul, Trianon-Masp, linha 2-Verde, Anhangabaú, Bresser-Mooca e Corinthians-Itaquera, da linha 3-Vermelha, e República, das linhas 3-Vermelha e 4-Amarela.

Loading...
Revisa el siguiente artículo