AstraZeneca testa coquetel para prevenir e tratar covid-19

Por Metro Jornal com Ansa

A farmacêutica britânica AstraZeneca, que trabalha com a Universidade de Oxford para desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, anunciou nesta terça (25) o início dos testes para um coquetel de tratamento e prevenção para a doença.

Os medicamentos serão testados em cerca de 50 voluntários saudáveis, entre 18 e 55 anos, para verificar a segurança da mistura para humanas. A combinação de remédios recebeu o nome de "AZD7442", e deverá passar por mais duas fases de testes para conseguir aprovação.

LEIA MAIS:
Flávio Bolsonaro testa positivo para covid-19
Pacientes na Bélgica e Holanda tiveram reinfecção pelo novo coronavírus

Um coquetel de medicamentos também está sendo desenvolvido pela farmacêutica suíça Roche, em parceria com a empresa norte-americana Regeneron. O mix, batizado de REGN-COV2, também combina dois anticorpos monoclonais – assim como a combinação da AstraZeneca -, e já está na segunda fase de estudos clínicos.

Simultaneamente, a empresa britânica está desenvolvendo uma das vacinas contra o novo coronavírus em estágio mais avançado de desenvolvimento. A ChAdOx1 nCoV-19, como foi chamada, está na terceira fase de testes clínicos, feitos em parceria com a Universidade de Oxford e instituições de pesquisa em saúde por todo o mundo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo