Um em cada quatro brasileiros diz fazer isolamento rigoroso

Por Metro Jornal

Mesmo com a flexibilização das atividades econômicas e sociais no mês de julho, 23,3% da população afirma ainda realizar isolamento rigoroso, revela a Pnad Covid-19 do IBGE.

“Essas medidas mais restritivas de isolamento foram seguidas, sobretudo, pelas mulheres, crianças até os 13 anos e idosos. Cerca de 84,5% dos idosos ficaram rigorosamente em casa ou só saíram em caso de necessidade”, afirma a coordenadora da pesquisa, Maria Lúcia Vieira.

Apenas 2% da população diz não ter feito nenhum tipo de restrição. A maior parte, 43,6%, disse sair apenas em caso de necessidade básica.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Fundação Renova - agosto 2020

A pesquisa do IBGE traz números nesta edição do mês de julho também sobre a quantidade de pessoas que realizaram testes de detecção da covid-19.

Cerca de 13,3 milhões, o equivalente a 6,3% da população, afirmam já ter realizado algum tipo de exame desde o início da pandemia. “Quanto maior o nível de escolaridade e a renda, maior foi o percentual de pessoas que fez algum teste”, diz a pesquisadora. O Distrito Federal lidera em porcentagem da população testada: 16,7 %. Ele é seguido de Amapá (11%) e Piauí (10,5%).  Entre as pessoas que fizeram os exames,  20,4% tiveram positivo.

O Metro Jornal mostrou na edição de quinta que a realização dos testes para covid-19 lidera as queixas contra planos de saúde recebidas pela ANS (Agência Nacional de Saúde) durante a pandemia. Elas são praticamente metade das 10,1 mil reclamações.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo