Pastor é preso em flagrante por sequestro e estupro de criança em Taboão da Serra

Por Band

Um pastor foi preso em flagrante por sequestro e estupro de criança em Taboão da Serra, região metropolitana de São Paulo na tarde desta quinta-feira, 20. As informações são do Igor Calian, no 1º Jornal.

Segundo a Polícia, o pastor Sérgio Gomes, de 43 anos, da Igreja Assembleia de Deus, sequestrou a menina de 9 anos por volta das 11h, com a justificativa de que a levaria para almoçar. Após o sumiço do pastor, a mãe da criança e a mulher do homem foram à delegacia fazer a denúncia.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Justiça suspende liminar e Osasco recua para fase laranja do Plano SP
Acusados de matar família no ABC serão interrogados por vídeo

Fundação Renova - agosto 2020

A PM fez buscas e localizou o acusado chegando na casa da mãe da criança com a vítima. A menina contou que havia sido abusada sexualmente dentro da Igreja e essa não teria sido a primeira vez. No dia 11 de agosto, ele teria feito a mesma coisa.

O acusado foi preso em flagrante e negou o fato, porém, a versão dele conflita com a da esposa do suspeito. Grávida de sete meses, ela disse em depoimento que desconfiava do marido e o excesso de carinho pela menor. Ela já teria até discutido com o detido .

A criança foi levada para realizar exames no Hospital Pérola Byington. Segundo a mãe de Sérgio, o homem já tinha histórico de abuso sexual. No carro do acusado foram encontrados objetos como brinquedos, brilho labial e até doces. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher de Taboão da Serra.

Loading...
Revisa el siguiente artículo