Motoristas de vans escolares para pessoas com deficiência protestam na Alesp por auxílio

Por Metro Jornal

Um protesto de motoristas de vans escolares chama a atenção de paulistanos que passam pela região da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), na manhã desta quinta-feira (20). Os profissionais atuam no Serviço Especial Ligado, e atendem estudantes com deficiência física ou mobilidade reduzida.

A manifestação, na avenida Sargento Mario Kozel Filho, zona sul da capital paulista, é pacífica. As vans fizeram carreata por vias da cidade e ocuparam vagas de estacionamento da via por volta das 4h. Na rua, motoristas afirmam estar sem trabalhar e pedem um auxílio emergencial do governo estadual.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
SP demite professora que questionou estupro de menina de 10 anos
Prazo para inscrição na lista de espera do Prouni termina nesta quinta

Fundação Renova - agosto 2020

Segundo representantes da categoria, a exigência é pelo recebimento de metade do salário previsto em contrato, no período em que as aulas seguirem suspensas. O restante seria reposto posteriormente, após a retomada das atividades.

O Serviço Especial Ligado tem contratos com a EMTU e a Secretaria estadual da Educação, atuando na Grande São Paulo e na região metropolitana de Campinas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo