125 mil processos do INSS aguardam documentações em SP; saiba como resolver

Por Lucas Herrero - Rádio Bandeirantes

Cerca de 125 mil processos do INSS aguardam documentações para serem finalizados em São Paulo. São vários os exemplos, com pedidos de aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição, salário maternidade, pensão por morte e até auxílio reclusão.

Por isso, todas as agências do estado, que estão fechadas há 5 meses, colocaram urnas na entrada para que as pessoas que estão com dificuldade de enviar esses documentos que faltam pela internet. Mas só vai poder utilizar o novo serviço, chamado de Drive Thru do INSS ou Exigência Expressa, quem fizer um agendamento prévio pelo telefone 135 ou pelo aplicativo Meu INSS, (Android e iOS) e pelo site.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
MP apura vazamento de dados de menina de 10 anos
Advogada testa positivo para covid-19 pela segunda vez em São Paulo

Fundação Renova - agosto 2020

O gerente executivo do INSS, Hermenegildo Pires, ressalta que o drive thru não está liberado para pedidos de requerimento de benefício ou antecipação de auxílio-doença.

"Ele é disponibilizado para pessoas que já têm processos em andamento e que o INSS faz a solicitação de documentos complementares para poder finalizar o processo. Se a pessoas tiver dúvida, pode entrar em contato com a central e verificar se existe a necessidade de apresentar documentos complementares. Havendo necessidade, ela já agenda o dia para entregar e é informado quais são os documentos que estão faltando", explicou Pires.

Entrega por encomenda

As urnas ficam disponíveis de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h e quem não tiver agência próxima, pode enviar os documentos para a superintendência do INSS pelos Correios. Para isso, também é necessário agendar pelo telefone 135 e mandar o envelope para o Viaduto Santa Ifigênia, número 266, no centro de São Paulo. O CEP é o 01033-907.

O que precisa ter no envelope?

Cópias simples dos documentos pedidos e uma autodeclaração em que o cliente se responsabiliza pelas informações prestadas. Na frente do envelope, preencher com nome completo, CPF, endereço, telefone, e-mail e número do protocolo informado na hora do agendamento.

O INSS ainda ressalta que esses serviços todos podem ser feitos pela internet também e que é preciso acompanhar o pedido pelos canais de atendimento para saber os prazos para conclusão da análise. Atualmente são mais de 125 mil processos no estado aguardando a entrega de documentos. Antes de julho, data do início dessa experiência em São Paulo, eram 170 mil.

Loading...
Revisa el siguiente artículo