Menina estuprada por tio tem alta médica após processo de aborto

Por Metro Jornal

A menina de 10 anos que engravidou após ser estuprada pelo tio, no Espírito Santo, tem alta do hospital onde interrompeu a gestação, no Recife (PE). O dia e horário da saída do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros e o destino da vítima não foram divulgados como medida de proteção.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
125 mil processos do INSS aguardam documentações em SP; saiba como resolver
Advogada testa positivo para covid-19 pela segunda vez em São Paulo

Fundação Renova - agosto 2020

O processo de aborto foi realizado no domingo (16) e, na terça-feira (18), a direção do hospital havia declarado que ela estava bem e com condições de deixar o hospital. No mesmo dia, o tio da vítima foi preso em Betim (MG) e encaminhado à Penitenciária Estadual de Vila Velha (ES).

O MP-ES já apresentou denúncia à Justiça contra o suspeito, porém não deu detalhes da ação, que corre em sigilo. Paralelo a denúncia, o delegado Ícaro Ruginski, superintendente da Polícia Civil no Norte do Espírito Santo, afirmou que novas diligências poderão ser cumpridas conforme informações que a polícia tem recebido.

Loading...
Revisa el siguiente artículo