Advogada testa positivo para covid-19 pela segunda vez em São Paulo

Por Rádio Bandeirantes

Três meses após contrair a covid-19, a advogada Juliana de Almeida Barbosa voltou a testar positivo para o vírus, em São Paulo.

Juliana já tinha sido contaminada em maio, quando teve febre, perda de olfato e paladar e sensação de cansaço. O exame PCR confirmou a doença. Após o período de quarentena, repetiu o teste, que indicou o fim da infecção.

Veja também:
Com grandes filas, Poupatempo reabre oito unidades nesta quarta
OMS descarta possibilidade de imunidade de rebanho

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Fundação Renova - agosto 2020

Em junho, uma nova avaliação sorológica em laboratório comprovou a presença de anticorpos contra o vírus, mas os sintomas voltaram mais leves em 12 de agosto.

Os diagnósticos de reinfecção pelo coronavírus são raros no mundo, mas merecem atenção. Por isso, o Hospital das Clínicas de São Paulo reservou um ambulatório só para cuidar de possíveis casos.

Em nota, o Ministério da Saúde disse que acompanha o assunto junto às equipes de vigilância dos estados, mas a pasta ressalta que não há dados científicos robustos que comprovem casos de reinfecção por covid-19 no país.

Loading...
Revisa el siguiente artículo