Bombeiros desistem de apagar fogo no Pantanal e contam com chuva

Por Band.com.br

O repórter Yan Boechat falou na Rádio Bandeirantes sobre a situação do fogo na região do Pantanal. Segundo ele, os bombeiros deixaram de combater os incêncios e passaram a adotar a estratégia de proteger as propriedades no local.

Com a força e velocidade do fogo, as chamas chegaram a 10 metros de altura e não há mais medidas que os bombeiros possam adotar para apagar o fogo. Segundo o jornalista que cobriu guerras no Oriente Médio e Ásia, a situação impressiona pela destruição.

"É um cenário de destruição, muito impressionante, me lembrou muito quando estive na Ucrânia, em 2015, na guerra entre os separatistas, que disparavam bombas incendiárias para destruir a vegetação e deixar claro onde estavam", disse Boechat.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Fundação Renova - agosto 2020

A estratégia dos bombeiros agora é proteger casas, hotéis e pontes. O fogo é tradicional no Pantanal e ocorre todos os anos no período de seca. As pessoas que moram na região são acostumados com as queimadas e tem estratégias para impedir que os incêndios avancem.

Neste episódio, o fogo está com tanta intensidade e o vento forte que impedem que as medidas de combate sejam efetivas.

"Estou enfrentando a fumaça, não tem muito o que fazer. De manhã parece uma neblina, mas é fumaça pura", contou o repórter.

Yan Boechat afirmou que os animais do Pantanal sofrem muito com os incêndios, e contou que um pantaneiro encontrou uma onça pintada escondida num galpão de sua propriedade fugindo do fogo.

O governo de Mato Grosso estima que uma área de 204 mil hectares já tenha sido atingida pelo fogo nos municípios de Barão de Melgaço e Poconé. Segundo o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul (CBMS), foram 910 mil hectares de vegetação do Pantanal, no lado sul-mato-grossense, queimados entre janeiro e agosto. No mesmo período, 640 mil hectares teriam sido destruídos pelo fogo no estado vizinho.

Loading...
Revisa el siguiente artículo