Hospital das Clínicas avalia suspeitas de reinfecção por covid-19

Local separou ambulatório para o atendimento de pacientes que temem ter contraído o vírus novamente

Por BandNews FM

O HC-SP (Hospital das Clínicas de São Paulo), na zona oeste, reservou um ambulatório só para cuidar de casos suspeitos de reinfecção por covid-19.

O número de pessoas que até agora procurou a instituição com novos sintomas da doença, já tendo sido infectadas no passado, é muito baixo. Segundo a colunista da rádio BandNews FM Mônica Bergamo, quatro pacientes estão em contato com os médicos.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Informações de menina de 10 anos devem ser removidas das redes, diz Justiça
Homicídio culposo em acidente de trânsito fica dentro da média em São Paulo

Fundação Renova - agosto 2020

O hospital já tratou de mais de 3,6 mil pessoas. A infectologista Anna Sara Levin, professora titular e presidente da Comissão de Infecção Hospitalar do HC, segue afirmando que há três hipóteses para serem estudadas.

Uma delas é uma possível longa permanência do coronavírus Sars-CoV-2 no corpo, com período de inatividade; outra é uma possível reinfecção pelo não desenvolvimento de imunidade para a doença – menos provável, por falta de registros; a terceira é a contaminação por um vírus diferente.

Os pacientes estão se submetendo a vários exames para que as várias hipóteses sejam testadas. O ambulatório serve, segundo a médica, para também dar tranquilidade aos pacientes, que voltam ao hospital muito assustados.

Loading...
Revisa el siguiente artículo