IBGE: Turismo cresceu pelo segundo mês consecutivo no Brasil

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

Dados da Pesquisa Mensal de Serviços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que as atividades turísticas, que experienciaram grande baque econômico com a crise sanitária, cresceram novamente em junho, segundo mês de avanços consecutivos do setor.

De abril para maio e de maio para junho, o setor acumulou 28,1% em ganhos – perspectiva positiva, ams ainda insuficiente para aplacar a perda de 68,1% registrada em março e abril.

Os ganhos de junho de 2020, comparado ao mês anterior, foram maiores em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Fundação Renova - agosto 2020

Ainda, em comparação com junho de 2019, as atividades turísticas tiveram queda de 58,6% – quarta taxa negativa registrada no ano, que se repete em todas as 12 unidades da federação que integram a pesquisa.

No acumulado de janeiro a junho de 2020, o agregado especial de atividades turísticas teve queda de 34,6% ante período do ano passado, com prejuízos nos ramos de restaurantes, transporte aéreo, hotéis, rodoviário coletivo de passageiros, e catering, bufê e outros serviços de comida preparada.

Segundo o IBGE, as medidas de prevenção à disseminação da covid-19 impactaram de forma intensa e imediata boa parte das empresas turísticas, especialmente no transporte aéreo de passageiros, restaurantes e hotéis.

Loading...
Revisa el siguiente artículo