Promotoria e Polícias deflagram operação contra advogados do tráfico

Por Estadão Conteúdo

As Polícias Federal, Militar e Civil de São Paulo e o Ministério Público do Estado deflagraram na manhã desta terça (11), a Operação Código de Ética para investigar o tráfico de drogas em cidades do litoral norte e do interior de São Paulo.

Agentes cumpriram 64 mandados de busca e apreensão e 48 de prisão em Caraguatatuba, São Sebastião, Ubatuba, Taubaté e Campinas.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, o vereador de Caraguatatuba Flávio Rodrigues Nishiama Filho (PTB) foi preso na ofensiva. Segundo a Promotoria, a ação foi batizada como Código de Ética "por ter diversos advogados entre os denunciados".

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Escolas públicas e privadas voltam juntas, diz Covas
Homem vai ao banheiro e encontra jiboia de 2 metros no vaso sanitário

A ofensiva teve como origem apuração do MP que chegou aos alvos por meio da análise de prisões relacionadas ao tráfico no litoral paulista.

Fontes ligadas à investigação apontam que foi identificada a atuação de uma organização criminosa voltada para a prática do crime de tráfico de drogas em todo o litoral norte paulista, contando com "vapores" (pessoas que vendem a droga), "mulas" (pessoas que são encarregadas pelo transporte das drogas), "gerente" das lojas (pessoa responsável pelos pontos de venda e drogas) e, ainda advogados.

A denúncia apresentada contra os alvos da ofensiva deflagrada pela manhã conta com uma delação que detalhou a atuação do grupo criminoso e confirmou as suspeitas dos investigadores.

O colaborador teria ainda reconhecido Flávio Rodrigues Nishiama Filho como advogado membro da organização criminosa, responsável pela defesa dos traficantes presos, que também atuava como "garoto de recado" do grupo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo