SP define nesta semana como será a testagem de alunos da rede estadual

Estudantes de escolas públicas de São Paulo farão teste para a covid-19 antes de retomarem às aulas presenciais

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

O governo de São Paulo vai definir nesta semana como será feita a testagem dos estudantes da rede estadual de ensino. Em entrevista exclusiva à Rádio Bandeirantes, o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, afirmou que exames para a covid-19 serão aplicados na volta às aulas.

Segundo o titular da pasta, ainda falta determinar se os testes ocorrerão alguns dias antes da reabertura das escolas ou logo no retorno. Ele explica que se for constatado algum caso de coronavírus, todos que tiveram contato com o aluno serão investigados.

A gestão de João Doria (PSDB) definiu, na semana passada, o adiamento para o retorno das aulas dos sistemas público e particular do dia 8 de setembro para 7 de outubro. Só vão poder retomar as atividades os municípios que estiverem há ao menos 28 anos na fase amarela do Plano São Paulo.

Veja também:
Jovem é morto no aniversário durante abordagem policial em São Paulo
Deputado estadual é condenado após divulgar ‘dossiê de antifascistas’

No mês que vem, porém, atividades especiais de reforço, recuperação e laboratórios poderão ser retomadas em escolas públicas e particulares, seguindo as mesmas normas e recomendações. Para Gorinchteyn, essa antecipação parcial dá aos pais a possibilidade de se sentirem seguros com o retorno em definitivo.

Entre as regras para a retomada está o limite de alunos em sala de aula, uso obrigatório de máscara, o distanciamento social entre alunos, corpo docente e funcionários, o reforço de serviços de limpeza e o uso de álcool gel. Na rede estadual, o governo vai distribuir milhões de unidades de equipamentos de proteção individual e produtos de higiene, como 12 milhões de máscaras, 112 mil litros de álcool em gel e 221 mil litros de sabonete líquido.

Loading...
Revisa el siguiente artículo