Prefeitura quer revitalizar áreas embaixo e no entorno do viaduto Antártica

Por Maju Arruda Leite - Rádio Bandeirantes

A Prefeitura de São Paulo pretende transformar as áreas embaixo e no entorno do viaduto Antártica em um espaço para lazer com estrutura e segurança. As informações são da repórter Maju Arruda Leite, da Rádio Bandeirantes.

Um edital de concessão de uso foi aberto para que uma empresa fique responsável pelo local, na região da Lapa, por um período de dez anos. O objetivo do projeto é aproveitar a área de 15 mil m² para construir um ambiente de convivência para a população.

É o que explica o presidente da São Paulo Parcerias, empresa vinculada à Prefeitura e responsável pela elaboração da proposta, Rogério Ceron. “O objetivo é que não seja só uma área de passagem e sim uma área de permanência. Que as pessoas busquem o espaço para atividades de lazer”, disse Ceron.

Veja também:
São Paulo interdita 60 bares e restaurantes no 1º fim de semana com horário noturno
SP define nesta semana como será a testagem de alunos da rede estadual

O Viaduto Oberdan Cattani, mais conhecido como Antártica, fica a 500 metros do Terminal Barra Funda, na zona oeste da capital. O espaço vai ganhar uma estrutura com bancos e mesas, bebedouros, banheiros públicos, câmeras de segurança, playground e equipamentos de ginástica. Uma quadra esportiva e uma pista de skate também serão construídos no local.

Ainda de acordo com Ceron, o objetivo principal é promover a realização de atividades culturais e esportivas gratuitas. O local também terá um espaço para atividades econômicas, como foodtrucks, feiras e aluguel de bicicletas.

A vencedora da concessão será a empresa que oferecer o maior valor de outorga fixa, sendo o custo mínimo de R$ 2.636. A licitação está marcada para setembro e o objetivo é iniciar as atividades em dezembro. A próxima área a ser concedida para a iniciativa privada será a do viaduto Lapa, também na zona oeste de São Paulo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo