Ataque químico motivado por obra deixa quatro pessoas intoxicadas em SP

Por Metro Jornal

O Corpo de Bombeiros atendeu a um chamado de intoxicação em um prédio de apartamentos com serviço no bairro Jardins, na Zona Oeste de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 10.

Inicialmente, a corporação falou em 20 pessoas intoxicadas, depois corrigiu esse número para quatro.

Segundo informações da polícia, um homem com histórico de agressão se irritou com o barulho de uma obra próximo do apartamento que ocupava e jogou um produto parecido com gás de pimenta no local.

A Força Tática, da Polícia Militar, foi chamada para conter o indivíduo, que ficou trancado no quarto após o ataque. Por volta das 17h, ele se entregou.

Sintomas das vítimas

Ao programa Brasil Urgente, da Band, um atendente do Samu citou três pacientes que apresentaram falta de ar, desconforto respiratório e taquicardia. Uma das vítimas chegou a vomitar sangue.

Ainda segundo o atendente, o produto usado no ataque trata-se de pimenta macerada com produto inalante. "Os pacientes foram levados para o Incor e estão estáveis clinicamente", informou.

Autor do ataque possui histórico de agressão

De acordo com o concierge do prédio, o autor desse ataque possui um histórico de agressividade. "Ele tem um histórico agressivo, sabemos que é usuário de entorpecentes também e costuma a ter surtos com barulho de obra", afirmou.

Em outros casos, a polícia precisou ser chamada. "Mas nada foi tão extremo como hoje; ele passou do limite".

Ex-deputado estava no local

O ex-deputado Heráclito Fortes estava em um apartamento localizado no sétimo andar, distante de onde tudo aconteceu, mas soube do histórico do agressor.

"Parece que foi uma rixa, não é a primeira vez que esse senhor faz isso", relatou. "Felizmente o clima não é de pânico, foi só o susto mesmo".

O ex-deputado deixou o prédio acompanhado por dois bombeiros e passa bem.

Loading...
Revisa el siguiente artículo