Contas ligadas ao governo terão selo especial no Twitter

Medida visa aumentar a transparência nos debates dentro da rede social

Por Metro Jornal com Ansa

A partir desta semana, o Twitter passará a notificar usuários sobre contas individuais e profissionais que tenham alguma afiliação com Estados ou governos – como redes de imprensa estatais, robôs e pessoas ligadas a governos. O intuito é promover maior transparência aos debates e informações que transitam pela plataforma.

O selo informa a qual governo cada conta está associada, e já foi implementado em algumas contas. A emissora de televisão estatal russa RT é um exemplo.

Conta da RT, emissora estatal russa Conta da RT, emissora estatal russa / Reprodução/Twitter

LEIA MAIS:
São Paulo passa de 608 mil casos de covid-19; veja balanço de sexta
Capital paulista continua na fase amarela do Plano São Paulo

Ainda, contas que receberem o selo não terão mais impulsionamento pela plataforma. Suas publicações não aparecerão em locais de destaque, como nas seções de "Tendências" e "Eventos" da rede social, para controlar o nível de audiência e monopólio sobre o debate mantido por tais perfis.

Para a rede social, as pessoas "têm o direito" de saber quando uma conta tem algum tipo de ligação com governos estatais. A princípio, a regra começará a valer nos cinco países-membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas: China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia, mas deve ser ampliada gradativamente às demais nações.

Os selos irão para contas de funcionários do governo, ministros das Relações Exteriores, porta-vozes oficiais, embaixadores e diplomatas, entidades institucionais do país e entidades e líderes que sejam a voz dos cinco países no exterior.

Em comunicado divulgado nesta quinta (6), a medida não será aplicada a chefes de Estado, que, segundo o Twitter, têm amplo reconhecimento pelo público e a mídia internacional pelo cargo que ocupam.

Já no caso das mídias que serão citadas como afiliadas a um Estado estão aquelas em que o governo exerça um controle editorial, que dependem de fundos estatais ou que estão sob pressão política. Nesse ponto, tanto as agências, sites ou jornais terão selos como seus editores-chefes e/ou funcionários com cargo sênior.

Loading...
Revisa el siguiente artículo