Comércio físico e online projeta aumento de vendas para o Dia dos Pais

Por Guilherme Oliveira - Rádio Bandeirantes

Tanto o comércio físico quanto o online projetam crescimento nas vendas em agosto com o Dia dos Pais. De acordo com a Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), haverá alta de 10% neste mês, comparado a julho. Porém, em relação à data comemorativa do ano passado, as vendas estão bem abaixo do normal devido à pandemia, explica o presidente da associação, Nabil Sahyoun.

"A gente tem um horário restrito de funcionamento dos shoppings e pessoas ainda estão intimidadas. Não dá para comparar ao ano anterior, é prejuízo muito grande comparando uma economia que estava funcionando normalmente com uma que está em crise", afirma.

O ticket médio dos presentes pode cair até 68% neste ano – de R$ 160 para R$ 51. A previsão é de que o setor de lojistas de shopping volte à normalidade a partir de outubro.

Veja também:
Twitter anuncia selos para contas ligadas a governos
Bombeiros cortam teto de carro para resgatar vítimas de acidente

Agora, se para o comércio físico essa retomada está lenta, as vendas online aumentam a passos largos. O e-commerce deve ter um crescimento de 23% neste Dia dos Pais.

Para Maurici Junior, do Conselho da Abcomm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), o faturamento deve ser superior aos R$ 3 bilhões. A associação estima um crescimento de 33% do setor neste ano.

"Em termos de números, a gente tem em média 8,4 milhões de pedidos e um ticket médio da compra de R$ 373. Os produtos mais buscados são os itens de informática, como computadores, além de celulares e outros eletrônicos. Também entram na lista artigos esportivos e de moda", conta.

Loading...
Revisa el siguiente artículo