Governo do Líbano faz apelo por doação de sangue

Por Rádio Bandeirantes

As autoridades do Líbano fazem um apelo para que a população doe sangue para ajudar os feridos na explosão que matou mais de 100 pessoas em Beirute.

A tragédia na região portuária gerou um tremor de magnitude 4,5, de acordo com o governo da Jordânia.

Leia mais:
No Dia dos Pais, consumidor prefere a compra online
Bares e restaurantes são os que mais ‘furam’ quarentena na capital paulista

O abalo gerado pela explosão foi sentido até no Chipre, uma ilha a cerca de 200 km de distância da capital libanesa.

Os hospitais de Beirute estão lotados e ainda há vítimas debaixo dos escombros, além de desaparecidas depois de serem jogadas no mar.

Médicos de todo o país foram chamados para ajudar no socorro dos cerca de 4 mil feridos na capital libanesa.

As causas da explosão são investigadas e a suspeita é de que a tragédia começou em um depósito que armazenava irregularmente quase 3 mil toneladas de nitrato de amônio.

A substância usada como fertilizante pode se tornar extremamente explosiva ao ser aquecida ou entrar em contato com faíscas.

O Líbano vive uma grave crise econômica e ainda enfrenta a pandemia do coronavírus.

Loading...
Revisa el siguiente artículo