Onyx Lorenzoni admite crimes de caixa dois e faz acordo com a PGR

Por Metro Jornal

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, admitiu crimes de caixa dois e fecha um acordo com a Procuradoria-Geral da República nesta segunda-feira

De acordo com Onyx, ele recebeu verbas irregulares durante as campanhas eleitorais de 2012 e de 2014.

Além disso, o ministro aceitou pagar R$ 189 mil como prestação pecuniária, em troca do encerramento de uma investigação a respeito do assunto.

O valor da prestação pecuniária corresponde a nove vezes o atual salário líquido do ministro.

Em nota, a defesa do ministro afirmou que Onyx buscará um empréstimo bancário para realizar o pagamento.

Ainda segundo a nota, o ministro decidiu procurar as autoridades com a intenção de colaborar e dar um desfecho final ao processo.

O acordo de não-persecução penal está previsto na Lei Anticrime, que entrou em vigor em 23 de janeiro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo