São Paulo tem apenas um quinto das chuvas esperadas em julho; veja previsão para agosto

Dados são do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), vinculado à prefeitura

Por Metro Jornal

A cidade de São Paulo recebeu apenas um quinto das chuvas esperadas para o mês de julho. O levantamento é feito pelo CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), vinculado à prefeitura.

Entre 1º e 31 de julho, foi registrada média de apenas 8,7 mm de chuvas na capital paulista, 19,1% da média história do mês (45,6 mm). Segundo o CGE, choveu em apenas sete dias do mês, com a zona sul e o centro sendo mais atingidos que os demais.

Em Parelheiros, zona sul e região com maior volume, foram 27 mm. Já os bairros de Vila Maria e Vila Guilherme, na zona norte, tiveram o índice mais baixo, com 5,5 mm.

“A persistência do bloqueio atmosférico, massa de ar seco, em grande parte do mês desviou as frentes frias para o oceano, o que colaborou com os baixos índices pluviométricos", explica o meteorologista do CGE Thomaz Garcia.

Veja também:
Facebook bloqueia mundialmente contas de aliados bolsonaristas investigados pelo STF
Governo federal é o segundo menos transparente sobre contratos durante pandemia

Temperaturas em julho

O mês de inverno registrou média de temperaturas próximas às expectativas. A máxima média foi de 23,9ºC, um pouco acima dos 22,9ºC esperados; já a mínima ficou em 13,2ºC – a média história é de 12,5ºC.

A menor temperatura registrada na cidade foi em Engenheiro Marsilac, zona sul, no dia 2 de julho: 2,6ºC. Já a maior foi de 30ºC em Itaquera, zona leste, no dia 7.

Como fica agosto?

Ainda segundo o CGE, agosto é o mês mais seco do ano. A média da máxima para o período é de 24,4ºC, e a média mínima de 13,5ºC. Espera-se 18,9 mm de chuva.

Loading...
Revisa el siguiente artículo