Vendas online devem impulsionar presentes de Dia dos Pais

Por Metro Jornal com Agência Brasil

A intenção de compra de presentes do Dia dos Pais animou o varejo nas últimas semanas. Levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo & Mercado de Consumo (Ibevar) mostra que, nas duas semanas anteriores à data, a intenção de compra foi ainda maior do que no mesmo período do ano passado.

A explicação para o crescimento seriam, para o presidente do instituto, Claudio Felisoni, as compras online. "O que explica esse aumento da intenção de compra em 2020 é o crescimento muito grande das vendas online e o fato de as pessoas que estão isoladas em suas casas precisam demonstrar de alguma forma sua presença e o seu vínculo afetivo com a família, que de alguma forma acaba sendo prejudicado pelo isolamento prolongado", diz.

No entanto, o comércio online não será suficiente para compensar a queda das vendas físicas em varejo. O desemprego e até mesmo a insegurança e falta de estabilidade dos empregados também reduz as compras.

Felisoni ressaltou que as promoções devem ocorrer como é natural para as datas comemorativas. "Os produtos não têm muita diferença de uma loja para a outra, o que diferencia é o preço e as condições de pagamento. Portanto, é natural que as promoções sejam acirradas por conta da intensificação da competição".

Loading...
Revisa el siguiente artículo