Brasil adota ferramenta que rastreia infectados por covid-19

Por Metro Jornal com Agência Brasil

Em atualização do aplicativo Coronavírus SUS nesta sexta-feira (31), o Ministério da Saúde implementou ferramenta que pode rastrear e alertar sobre a proximidade a uma pessoa infectada pela covid-19 ou um caso suspeito do vírus.

A tecnologia, de nome API Exposure Notification, é utilizada internacionalmente para rastrear o caminho percorrido pelo vírus, permitindo que outras pessoas evitem contato e proximidade com possíveis fontes de infecção. De acordo com a pasta, o aplicativo só fará o rastreio caso a função seja habilitada pelo próprio usuário nas configurações.

LEIA MAIS:
Bolsonaro diz ter infecção no pulmão após contrair covid-19
São Paulo encosta em 23 mil mortes por covid-19; veja balanço de sexta

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Saúde, pessoas que estiverem geolocalizadas em um perímetro próximo de outras pessoas que informaram estar infectadas pelo novo coronavírus receberão um alerta. O sistema não identifica o doente, apenas avisa da proximidade de alguém que, voluntariamente, informou estar com diagnóstico positivo para a doença nos últimos 14 dias.

Para se cadastrar como doente, o usuário deve validar o exame com o diagnóstico positivo. Segundo o boletim do ministério, “a técnica será uma parte essencial da transição para a vida cotidiana e, ao mesmo tempo, gerencia o risco de novos surtos.”

O Ministério da Saúde informa que cerca de 10 milhões de brasileiros possuem o aplicativo instalado nos celulares, e espera que haja um aumento no uso de 30% após a implementação da novidade.

Loading...
Revisa el siguiente artículo