Bolsonaro diz ter infecção no pulmão após contrair covid-19

Por Metro Jornal

Em transmissão ao vivo feita semanalmente no Palácio do Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou ter sido diagnosticado com uma infecção pulmonar. O ex-capitão disse estar sendo medicado, porém mantém sua agenda de compromissos e viagens pelo país.

Bolsonaro contraiu a covid-19 ainda neste mês, e somente no último sábado (25) seus testes pararam de dar positivo para o vírus. Nesta quinta-feira (30), o presidente brincou com a situação, dizendo que, após 20 dias em quarentena por conta da doença, ele teria criado "mofo no pulmão".

LEIA MAIS:
Em live, blogueiro Allan dos Santos diz que deixou o Brasil
Estado de São Paulo aprova novo currículo para o ensino médio

"Amanhã, é barra pesada porque a temperatura lá em Bagé tá zero grau. […] Acabei de fazer um exame de sangue, estava com um pouco de fraqueza ontem [quarta-feira], um pouco de infecção também. Tô agora no antibiótico", disse.

O chefe de Estado visitou o Nordeste brasileiro ainda nesta semana, e nesta sexta-feira (31) parte para o Rio Grande do Sul.

Enquanto isso, Michelle, primeira-dama que também reside no Alvorada junto ao marido, testou positivo para o novo coronavírus ainda na quinta-feira. O ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, foi diagnosticado com a covid-19 no mesmo dia.

Hoje, mais um ministro do governo Bolsonaro anunciou ter contraído a doença: Wagner Rosário, da Controladoria Geral da União.

Loading...
Revisa el siguiente artículo