Problemas com pipas na rede elétrica triplicam durante quarentena em São Paulo

Por Lucas Herrero - Rádio Bandeirantes

Durante a epidemia, a Enel registrou mais de três vezes mais ocorrências com pipas na rede elétrica de São Paulo, causando problemas no fornecimento de energia. Entre 16 de março e 30 de junho, foram 1.560 incidentes, sendo que, no mesmo período de 2019, foram apenas 514 – aumento de 1.046 casos.

Outro fator preocupante é que, em 2020, os dados vêm crescendo mês a mês: em março, foram 31; em abril, 147; em maio, 591; e em junho 791. Em apenas 30 dias no mês passado, foram registradas mais ocorrências do que em todo o período analisado em 2019.

O gerente de operações da Enel, Vinicyus Lima, acrescenta um motivo importante que causa esse aumento nos problemas envolvendo as pipas: as férias. "Esse crescimento vem devido a pandemia. As crianças estão mais em casa. Mas tem uma característica que aconteceu este ano que é a antecipação de férias escolares. Com isso, aquelas ocorrências que poderiam acontecer em julho por causa do aumento na utilização das pipas migrou pra esses meses (abril, maio e junho)", disse Lima.

Só que mesmo com o aumento cada vez mais visível de crianças empinando pipa pelas ruas, a Enel acredita que os números devem se estabilizar nos próximos meses por causa do fim das férias, que foram divididas entre abril, maio e junho, e o reinício das aulas online na maioria das escolas.

Veja também:
Terror noturno – saiba o que fazer se o seu filho tiver esse distúrbio
Estudante picado por cobra naja é preso no Distrito Federal nesta quarta

Riscos

Os transtornos com o avanço desses números são grandes. Pode haver, por exemplo, o desligamento coletivo de energia na rua ou no bairro, até se for em um dia sem vento ou chuva forte. Se a pipa não estiver enrolada nos fios, o perigo segue alto, porque o cerol colocado nas linhas pode cortar os cabos de energia e os reparos demoram entre uma e quatro horas. Por isso, o gerente de operações da Enel, Vinycius Lima traz algumas dicas de segurança.

"Nunca tentar retirar a pipa da rede elétrica. A rede elétrica mata. Muitas pessoas podem querer utilizar uma madeira achando que a madeira pode ser isolante. Não. A madeira tem impurezas e conduz energia também. Caso exista uma rede desenergizada por causa de uma pipa, as pessoas pensam que não teria problema, mas tem sim. Pode haver retorno ou energizamento por causa de algum gerador. Em caso de rompimento de caso, jamais se aproximar. É preciso manter distância sempre", ressaltou Lima.

O que fazer?

Caso haja algum problema, a concessionária recomenda ligar para o telefone 0800 7272 196 ou baixar o aplicativo chamado "Enel São Paulo" (Android ou iOS) para pedir o serviço de reparo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo